Faith Hill e sua história


12 de janeiro de 2018


Faith Hill e sua história

MUSICO DA SEMANA – FAITH HILL

Audrey Faith Perry, mais conhecida como Faith Hill (Jackson, 21 de setembro de 1967) é uma cantora americana. Uma das melhores cantoras de toda a história dos Estados Unidos da América.

Foi adotada com uma semana de vida e cresceu na cidade de Star. Começou cantando na igreja da cidade e foi para Nashville com 19 anos começar uma carreira de cantora country. Trabalhou no escritório do cantor e compositor Gary Morris, em Nashville. Ele a ouviu cantando junto ao rádio e a pediu que gravasse uma fita demonstrativa. Foi descoberta por um executivo da Warner Bros ao cantar em um Café de Nashville. Gary tornou-se mais tarde o seu co-produtor.

Faith Hill lançou os álbuns Take me as I am (1993), It Matters to Me (1995), Faith (1998), Breathe (1999), Cry (2002) e Fireflies (2005) e vendeu cerca de 40 milhões de cópias mundialmente e teve oito singles e três álbuns número um na Billboard Hot Country Songs.

Faith Hill já foi agraciada com prêmios como os Grammy Awards, Academy of Country Music, Country Music Association, American Music Awards e People’s Choice Awards. A turnê Soul2Soul II Tour, com Tim McGraw, foi a com mais assistência da história da música country, e a primeira das cinco melhores entre todos os gêneros musicais.

Em 2001, Faith Hill gravou uma canção para a trilha sonora do filme Pearl Harbor, “There You’ll Be”. No mesmo ano foi considerada a primeira das “30 Mulheres Mais Poderosas da América” pelo Ladies Home Journal.

Em 2004, Faith Hill participou do filme Mulheres Perfeitas, fazendo a personagem Sarah.

Desde 2007 Faith Hill era a cantora da abertura do Sunday Night Football, pelo canal NBC. Em abril de 2013, Hill anunciou que não seria mais a cantora da abertura do Sunday Night Football, após 6 anos. Faith Hill foi a responsável pelo tema de abertura dos jogos do Sunday Night Football – talvez o principal jogo de cada semana da temporada regular da NFL. Em sua despedida no Twitter, a cantora não disse os motivos de sua saída, mas que estava triste por deixá-lo.

Ao som de “Waiting All Day For Sunday Night”, música inspirada em um sucesso da cantora Joan Jett, “I Hate Myself for Loving You”, iniciava-se o domingo à noite para a NFL na NBC.

É casada com o também cantor country Tim McGraw, de quem tem três filhas.

 

Comentários